Frente pela Soberania

Análises Políticas, Econômicas e Sociais

Aa aA

Política para Indignados

Política para Indignados

Porque a solução da crise econômica deve preceder a da crise política

Da Redação

02/01/2018

As instituições da República derreteram. Nenhum dos poderes, Executivo, Legislativo ou Judiciário, merece a confiança da sociedade. Governantes e representantes do povo são chamados abertamente de bandidos e ladrões sem qualquer reação por parte deles, numa implícita confissão de culpa. Enquanto isso, a economia nacional vai à deriva, exceto por uma propaganda bilionária de R$ 1,6 bilhão que Temer passou às mãos ágeis de Moreira Franco.

É um acinte. Com cerca de 21 milhões de desempregados formais e subempregados, o Governo, em lugar de lançar um programa de recuperação da economia e do emprego em regime de urgência, lança um programa de publicidade oficial. E a publicidade, sabe-se, e quem não sabe aprende, é o canal pelo qual dinheiro do setor público corre diretamente para os bolsos de ladrões e picaretas do setor privado, que tem meios adequados de lavagem.

Nesse contexto, não consigo entender como o cidadão brasileiro, desempregado ou ameaçado de desemprego, com a renda sob ameaça ou já em queda, sem qualquer perspectiva de futuro para si ou para sua família, pode se preocupar se teremos voto distrital ou sobre a forma de financiamento partidário. A democracia está sendo moída pela crise. A traição campeia. Uma solução política é inviável. Ela deve ser ancorada, antes, numa solução econômica, direcionada por um compromisso inegociável com uma política de pleno emprego.

Endereço desta página:
http://www.frentepelasoberania.com.br/politica/solucao-da-crise-economica-deve-preceder-a-da-politica/

Compartilhar
×